HOMENAGEM: Com Missa e homenagens, França recorda Pe. Hamel um ano após seu assassinato


O Arcebispo de Rouen (França), Dom Dominique Lebrun, presidiu nesta quarta-feira uma Missa na paróquia de Saint Etienne du Rouvray, onde em 26 de julho de 2016 foi assassinado por dois terroristas islâmicos o Pe. Jacque Hamel.

Participaram da celebração diversas autoridades civis e religiosas, entre eles o presidente da República, Emmanuel Macron.

“Pe. Hamel ainda fala. Sua vida, sua morte nos dizem hoje muito mais do que o que ele tinha imaginado”, afirmou Dom Lebrun em sua homilia.

O Prelado assegurou que o sacerdote “fala docemente quando aparece em nossos corações não mediante imagens atrozes, mas com discrição, perseverança, fidelidade, generosidade e entrega; quando em nossos corações percebemos os primeiros frutos daquele drama: a amizade, a concórdia, o diálogo... em resume: o amor conquistado”.

O assassinato de Pe. Hamel

Em 26 de julho de 2016, dois terroristas que diziam atuar por ordem do Estado Islâmico entraram de surpresa na igreja de Saint Etienne du Rouvray e, aos gritos de “Allahu akbar” (Deus é grande, em árabe), assassinaram o sacerdote com facadas.

Antes de o apunhalarem, Pe. Hamel havia pedido que se acalmassem. “Mas, o que fazem? Fiquem tranquilos!”, disse segundo testemunhos. Entretanto, os terroristas tentaram que o sacerdote se colocasse de joelhos diante deles. Ele se negou e um dos assassinados respondeu com a primeira facada.

O sacerdote, mortalmente ferido, gritou: “Afasta-te, Satanás! Afasta-te, Satanás!”. Então, recebeu a segunda facada mortal, desta vez na garganta. Tinha 85 anos.

Pe. Jacques Hamel nasceu em Rouen, em 1930. Em 1952 entrou no seminário maior, mas, com 23 anos foi convocado para lutar na Guerra da Argélia. Lá, esteve a ponto de morrer durante um assalto quando dirigia uma van cheia de soldados. Morreram todos, menos ele. Em 30 de junho de 1958, recebeu a ordem sacerdotal.

No último dia 30 de abril, quando foi celebrada a Quinta-feira Santa, Dom Lebrun anunciou oficialmente a abertura da fase diocesana do processo de beatificação do sacerdote.
HOMENAGEM: Com Missa e homenagens, França recorda Pe. Hamel um ano após seu assassinato HOMENAGEM: Com Missa e homenagens, França recorda Pe. Hamel um ano após seu assassinato Reviewed by Eu & Deus on julho 26, 2017 Rating: 5