LANCHONETE NEGA ÁGUA PARA MORADORA DE RUA E CLIENTE DECIDE AJUDÁ-LA


Na fila de uma lanchonete da rede McDonald’s, o britânico Jonathon Pengelly ficou em choque ao ouvir um funcionário dizer não a uma moradora de rua que havia pedido um copo de água quente.

“Ela estava pedindo por um direito humano básico, e pedia para uma empresa multibilionária, então dizer não para ela era algo nojento a fazer”, escreveu ele ao narrar em seu Facebook o caso que aconteceu em Cardiff, na Inglaterra.

Indignado, ele conta que decidiu intervir e se ofereceu para pagar o que a mulher quissese pedir para matar sua fome. Para a surpresa dele, a mulher, que depois ele descobriu se chamar Polly, pediu um hambúrguer e nada mais. No entanto, ele decidiu ser mais generoso e pediu toda a comida que poderiam carregar juntos.

Depois de comer o lanche com a mulher, Jonathon decidiu convidá-la para ir a sua casa. “Juntos, nós fizemos comida suficiente para alimentá-la e a todos os amigos dela pelas próximas noites. Empacotamos tudo e guardamos em suas mochilas”, descreve ele em seu Facebook. “Polly tomou banho, escovou os dentes e disse que nunca se sentiu tão bem tratada em sua vida”.

Por fim, o homem, que diz não ser nenhum santo, afirma ter gastado 20 libras (cerca de R$ 82) para ajudar aquelas pessoas e fez um apelo. “Eu sei que 90% de vocês [moradores de Cardiff] ganham dez vezes mais que isso por dia. Não custa nada ser gentil. Se você ver alguém nas ruas, não menospreze como se fossem nada. Você não sabe pelo que eles passaram”.

Desde que foi publicado na rede social, em 1º de outubro, o relato teve mais de 35 mil compartilhamentos e 154 mil curtidas, além de milhares de comentários em apoio à atitude do rapaz.

Além da comida, a moradora de rua Polly ainda recebeu cobertores e travesseiros do homem.


LANCHONETE NEGA ÁGUA PARA MORADORA DE RUA E CLIENTE DECIDE AJUDÁ-LA LANCHONETE NEGA ÁGUA PARA MORADORA DE RUA E CLIENTE DECIDE AJUDÁ-LA Reviewed by Eu & Deus on março 05, 2017 Rating: 5