PAPA FRANCISCO SERVE ALMOÇO A 1.500 POBRES AO PROCLAMAR MADRE TERESA SANTA


No dia da canonização de Madre Teresa de Calcutá, a santa das sarjetas, cerca de 1.500 pobres, refugiados e moradores de rua almoçaram no Vaticano, como um sinal de atenção do papa Francisco àqueles aos quais a nova santa dedicou toda a sua vida. Antes do almoço – pizza napolitana, refrigerante e sorvete – os necessitados participaram da missa de canonização presidida pelo papa, em lugar de honra, bem próximos do altar.


Os pobres, a maioria dos quais vivem em albergues dirigidos pelas Missionárias da Caridade, a congregação fundada por Madre Teresa, vieram de várias partes da Itália. O almoço foi servido na sala Paulo VI, onde o papa costuma receber grandes grupos, por cerca de 250 freiras da congregação, cinquenta irmãos do ramo masculino e outros voluntários.

O preparo das pizzas ficou a cargo de uma pizzaria de Nápoles, com uma equipe de cerca de vinte pessoas sob a direção do pizzaiolo Vincenzo Staiano, que costuma se envolver em iniciativas caritativas. Os equipamentos, três fornos a lenha móveis, também foram trazidos pela pizzaria.
Publicidade

Com informações de Vatican Insider.
PAPA FRANCISCO SERVE ALMOÇO A 1.500 POBRES AO PROCLAMAR MADRE TERESA SANTA PAPA FRANCISCO SERVE ALMOÇO A 1.500 POBRES AO PROCLAMAR MADRE TERESA SANTA Reviewed by Eu & Deus on setembro 11, 2016 Rating: 5