HISTÓRIA DE ARCANJOS SÃO MIGUEL, SÃO GABRIEL E SÃO RAFAEL


Mensageiros de Deus, bendizei ao Senhor, heróis poderosos que cumpris suas ordens, sempre atentos à sua palavra. (Sl 102, 20)

Os arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael representam a mais alta hierarquia dos anjos. Eles fazem parte do grupo dos “sete espíritos” citados no livro do Apocalipse. Estes, atendem diretamente ao trono de Deus. Como função, podemos dizer que eles são mensageiros dos decretos de Deus aqui neste mundo. Os nomes de cada um deles testemunham também a missão que têm. Vamos conhecê-los.

São Miguel Arcanjo

O nome Miguel, vem da língua Hebraica. É um nome em forme de uma pergunta: “Quem como Deus?” É, na verdade, uma “pergunta afirmação”, pois "ninguém é como Deus". Sendo este também o significado deste nome. O nome Miguel significa ainda "semelhança de Deus".

Guardião, guerreiro
São Miguel é considerado o guardião celeste, o príncipe e guerreiro, que defende o trono celestial. Ele é também o defensor e protetor do Povo de Deus e Padroeiro da Igreja Católica. São Miguel Arcanjo é o chefe supremo do exército celestial, dos anjos que são fiéis a Deus. Ele é conhecido também como o Arcanjo da Justiça e Arcanjo do arrependimento. São Miguel Arcanjo é o grande combatente e vencedor das forças do mal.

São Miguel Arcanjo nas Escrituras
Seu nome é citado três vezes nas Sagradas Escrituras: A primeira, no Antigo Testamento, está no capítulo 12 do livro de Daniel. A segunda, já no Novo Testamento, na carta de são Judas e a terceira, no capítulo 12 do livro do Apocalipse.

Culto a São Miguel Arcanjo
O culto a São Miguel Arcanjo está presente na Igreja desde os primórdios. A ele são dirigidas novenas e orações pedindo a proteção contra o mal e a direção no caminho de Deus.

São Gabriel Arcanjo

O nome Gabriel também vem do Hebraico e quer dizer "Deus é meu protetor" ou, ainda, "homem de Deus". São Gabriel Arcanjo tem como missão principal ser o anunciador das revelações de Deus.

São Gabriel Arcanjo nas Escrituras
No Antigo Testamento
São Miguel Arcanjo aparece explicando ao profeta Daniel o significado das visões que o profeta tinha envolvendo um carneiro e um bode. Ele também anunciou ao profeta Daniel fatos importantes como o caminho destinado à nação judaica, a vinda do Messias e a rejeição que ele sofreria por parte do seu povo e sua morte neste mundo.

No Novo Testamento
Aparece a Zacarias
São Miguel arcanjo também tem um papel muito especial no Novo Testamento. Primeiramente, ele aparece ao sacerdote Zacarias e anuncia que sua esposa Isabel, já em idade avançada, ficará grávida e dará à luz um filho que se chamará João (João Batista), o precursor de Jesus. Como Zacarias duvidou, por causa da idade avançada, Gabriel o castigou fazendo-o ficar mudo até que o menino nascesse.

Anuncia o nascimento de Jesus
Seis meses depois que Isabel engravidou, São Gabriel Arcanjo apareceu à Virgem Maria com a missão de anunciar que ela seria a Mãe do Salvador. Esta, sem dúvida, foi sua missão mais importante.

Palavras sagradas da Ave Maria
Desta missão, cumprida maravilhosamente por São Gabriel, nasceu a oração talvez mais rezada de todos os tempos: a “Ave Maria”. De fato, as primeiras palavras da Ave Maria são as palavras ditas por São Gabriel Arcanjo à Virgem: “Ave (que significa “alegra-te”) Maria, cheia de graça. O Senhor é contigo.” Se o arcanjo é mensageiro de Deus e só fala aquilo que Deus quer que seja dito, então, podemos concluir que as palavras da Ave Maria foram ditas por Deus! E a segunda parte desta oração foi pronunciada por Santa Isabel “cheia do Espírito Santo”, ressalta São Lucas: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!” Assim, rezar a Ave Maria é repetir palavras ditas por Deus.

Aparece a São José
São Gabriel Arcanjo aparece depois a São José e explica a ele, em sonhos, que a gravidez de Maria é obra do Espírito Santo. Por isso, José, que pensava em deixar Maria em segredo por não compreender sua gravidez, recebeu-a como sua esposa e assumiu a grandiosa missão de marido da Mãe do Salvador e pai adotivo de Jesus.

Outras aparições no Novo Testamento
Os teólogos afirmam que São Gabriel Arcanjo apareceu outras vezes no Novo Testamento. Foi quem apareceu aos pastores de Belém para avisá-los sobre o nascimento de Jesus. Foi ele também que avisou os reis magos para que não retornassem ao rei Herodes depois de terem visto o menino Jesus. Foi ele quem ordenou a José que fugisse para o Egito para salvar Jesus da perseguição de Herodes. Foi ele que, depois da morte de Herodes, mandou que José voltasse com Jesus e Maria para Nazaré. Foi ele quem consolou Jesus em sua agonia no horto das Oliveiras e, por fim, foi ele quem anunciou às mulheres que Jesus havia ressuscitado.

São Rafael Arcanjo

O nome Rafael é a junção de duas palavras hebraicas: “Rafa”, que significa cura, e “El”, que significa Deus. Rafael, portanto, significa "Cura de Deus" ou, também, "Curador divino". Ele é considerado o chefe dos anjos da guarda. Também é invocado como o anjo da Providência, aquele que está sempre velando por toda a humanidade. Na missão de São Rafael Arcanjo, está incluída a cura das feridas da alma e do corpo. São Rafael Arcanjo é também um dos sete espíritos que assistem mais próximos de Deus.

Assumiu a forma humana
Segundo as Escrituras, São Rafael Arcanjo assumiu a forma humana e conviveu com seres humanos pelo espaço de alguns meses. A narração se encontra no Livro de Tobias, no Antigo Testamento. Na história, O Arcanjo acompanhou e protegeu o jovem Tobias numa longa e perigosa jornada feita à região da Média, Egito. Durante a viagem, o Arcanjo Rafael guiou Tobias, intermediou seu casamento com Sara e recuperou uma grande soma de dinheiro que era devido ao pai de Tobias (Tobit). Por fim, São Rafael guiou Tobias de volta a seu pai, acompanhado de sua esposa e curou o pai de uma doença nos olhos, que o tornava cego. Depois disso, revelou-se como um dos sete arcanjos que assistem diante de Deus e ordenou que Tobias escrevesse tudo o que lhe acontecera.

Portador da cura divina
São Rafael Arcanjo é o portador da cura divina. Ele conduz a humanidade no caminho de Deus, intercedendo pela cura dos males físicos e espirituais que possam nos desviar do caminho.

Padroeiro da misericórdia
Por este motivo, São Rafael Arcanjo se tornou o padroeiro dos sacerdotes e dos médicos. Além disso, ele é protetor dos viajantes, dos soldados e dos escoteiros. Portador da misericórdia, seu poder espiritual está sempre voltado para os hospitais e as instituições de caridade, onde a misericórdia se faz sempre necessária.

Protetor dos peregrinos
São Rafael arcanjo é também o grande protetor dos peregrinos. E não apenas dos que estão em viagem, mas, também, de todos nós que estamos na grande peregrinação a caminho de Deus. São Rafael Arcanjo protege-nos e guia-nos pelo caminho reto, santo e seguro dessa vida. Ele nos conduz a Jesus Cristo, o Salvador misericordioso, em quem encontramos a felicidade verdadeira e a salvação eterna. Em última análise, somente em Jesus encontramos a cura completa do nosso corpo e da nossa alma.
HISTÓRIA DE ARCANJOS SÃO MIGUEL, SÃO GABRIEL E SÃO RAFAEL HISTÓRIA DE ARCANJOS SÃO MIGUEL, SÃO GABRIEL E SÃO RAFAEL Reviewed by Eu & Deus on setembro 28, 2016 Rating: 5