quinta-feira, 6 de abril de 2017

Seu coração ficou sem pulso por 45 minutos. E quando ninguém imaginava que ele sobreviveria, o milagre acontece


Algumas crianças nascem com algumas condições complicadas de saúde, mas nem sempre a família tem condições financeiras o suficiente para tratá-las e só lhes resta uma coisa: fé. E foi exatamente a fé que fez com que os pais de Dhule-based Aaradhya Wagh nunca desistissem de salvá-lo.

A condição do menino de apenas 3 meses de idade faz com que seu coração tenha um 'buraco' no meio e impeça a circulação completa do sangue. Por isso, muitos pais decidem não continuar com a gravidez, mas os pais de Aaradhya decidiram fazer diferente e lutar por sua vida.

"O coração de Aaradhya tinha um buraco e a saída de sangue do coração era muito pequena. Os médicos nos disseram que isso fazia com que o coração fosse incapaz de bombear sangue suficiente e fornecer oxigênio para todo o seu corpo", disse Ravindra Wagh, pai do menino, ao Hindustan Times.


Como a família não tinha dinheiro o suficiente, os médicos do Hospital Wadia - de Mumbai - decidiram fazer algo muito especial por eles: realizar uma operação no coração do menino sem custo algum para os pais.

Após a cirurgia, o menino acabou perdendo seus batimentos cardíacos e ficou parado por 45 minutos. O que parecia ser o fim da vida de Aaradhya, se tornou em um momento de renascimento e esperança.

"Nós tentamos artificialmente ressuscitar o coração por 45 minutos. Durante esse período, eu estava massageando lentamente o coração para bombear sangue suficiente para manter o sangue fluindo para as outras partes de seu corpo", disse Dr. Panda, ao Hindustan Times.

Depois de muitas massagens cardíacas e o uso de uma maquina especializada em ativar a circulação do sangue, os médicos conseguiram reviver o menino. No início, seu corpo reagia com dificuldade, mas, pouco a pouco, ele foi se recuperando.

"Este procedimento levou quase 26 horas para o coração começar a bater normalmente, foi um grande alívio para a equipe", disse o médico ao Hindustan Times.

Graças a generosa atitude dos médicos, agora Aaradhya pode ter uma vida feliz e se tornar o simbolo da fé, que sempre esteve presente no coração de seus pais.

Via Best Of Web

Próximo Artigo Próxima Publicação
Post Anterior Próximo Post
Próximo Artigo Próxima Publicação
Post Anterior Próximo Post
 

Por FeedBurner (Seguro e simples)