quarta-feira, 5 de abril de 2017

Esta mãe repetiu a mesma oração durante 5 anos e seu filho despertou do coma


“Senhor, você pode fazer tudo. Sei que um dia nos surpreenderá”, são palavras pronunciadas pela mãe de Giorgio, que rezou durante cinco anos depois que seu jovem filho ficou em coma após sofrer um acidente automobilístico. Em março deste ano, sua perseverança foi recompensada e o jovem saiu deste estado sem necessidade de medicamentos estimulantes. “Foi um milagre, mas os milagres chegam onde há fé e amor”, afirmou a mãe.

Esta história de fé em meio ao sofrimento começou no dia 15 de maio de 2010, depois que Giorgio – aos 22 anos – sofreu um acidente automobilístico perto de Bergamo (Itália), o que provocou um forte trauma na cabeça e posteriormente entrou em coma.


Rosa e Gianluigi, pais de Giorgio, foram de hospital em hospital a fim de conseguir a recuperação de seu filho. Entretanto, esta “peregrinação” por várias cidades italianas apenas terminava em um diagnóstico difícil de aceitar: o estado de coma do jovem não permitia nenhum tipo de contato com os demais. Mas Rosa não perdeu a fé.

Em 2011, os médicos disseram aos pais que deviam decidir entre continuar com uma hospitalização cada vez mais prolongada ou levá-lo para casa. “Nem sequer por um segundo pensamos que Giorgio devia ficar em casa. Organizamos o quarto e o atendemos a cada dia, mês e ano com grande carinho, mesmo se não havia reações aparentes”, contou a mãe.

Rosa, que no domingo relatou a história de Giorgio na Casa de São Pellegrino Terme, durante um curso anual sobre reabilitação, disse que não choravam nem se perguntavam por que acontecia esta tragédia à família. “Apenas rezei incessantemente”, afirmou a mãe e ainda assegurou que a fé os manteve unidos durante este longo caminho, “porque esta me deu a certeza de que, antes ou depois, aconteceria algo grande a Giorgio”.

Esta certeza começou a realizar-se de maneira concreta no dia 31 de março, terça-feira santa, quando advertiram que Giorgio começou a se relacionar com o ambiente, respondendo às perguntas de seus familiares e médicos.

Esta recuperação foi destacada por Gian Pietro Salvi, responsável pelo Centro de Reabilitação Neuromotora, a qual organizou o encontro em São Pellegrino Terme. Trata-se “de um desses poucos casos de despertar espontâneo” que “somam cerca de 15 no mundo inteiro. Além disso, ele nunca tomou medicamentos estimulantes a fim de que recuperasse a consciência”, indicou.

Por isso, Rosa assegurou que o despertar do seu filho “foi um milagre e os milagres chegam onde há fé e amor”.
Próximo Artigo Próxima Publicação
Post Anterior Próximo Post
Próximo Artigo Próxima Publicação
Post Anterior Próximo Post
 

Por FeedBurner (Seguro e simples)