quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

POR QUE É IMPORTANTE RESPEITAR A AUTORIDADE DO PAPA E DOS BISPOS?


O papa e os bispos são humanos. Como muitos de vocês, eu tive que lutar de maneira pessoal e muito direta com a realidade da humanidade defeituosa dos pastores da nossa Igreja. Quando eu deixei a Igreja, tive um profundo sentimento de rebelião contra toda e qualquer autoridade. Senti que não havia razão para viver debaixo de ninguém – nem de um papa, nem de um bispo e, certamente, de nenhum Deus imaginário. Mas, depois de viver as minhas próprias regras, voltei à Igreja. A vida sob minha própria direção tinha deixado meu coração em farrapos. Vi que, como ser humano, eu precisava aceitar a autoridade de Cristo. Eu quis unificar minha mente, meu comportamento e meu coração em um modo de vida que me levaria à felicidade.


Santo Agostinho escreveu certa vez: “Eu não acreditaria no Evangelho se a autoridade da Igreja Católica não me obrigasse a fazê-lo”. Como Agostinho, encontrei harmonia de vida e paz ao submeter-me à autoridade legítima da Igreja.

Desde o meu retorno, o Senhor me ajudou a ver que ele está sempre trabalhando, não apenas na hierarquia, mas em todos nós. Apesar de nossas falhas, de nossos erros e, em alguns casos, de nossos terríveis pecados, ainda permanecemos, em certo sentido, dentro da Igreja e do Corpo Místico de Cristo.

Felizmente, Deus não espera até que a Igreja esteja cheia de santos para estar presente entre nós. Ele trabalha em toda a Igreja, inclusive através da hierarquia, apesar de nossos pecados. Jesus Cristo permanece sempre na sua Igreja.

Mas nós rejeitamos Jesus na Igreja dele quando nós não respeitamos e não aceitamos a legítima autoridade que ele colocou naquele lugar.

É fácil observar essa rejeição da autoridade entre os católicos, que, facilmente, ignoram o ensinamento da Igreja. Mas isso está presente em outros lugares também. A rejeição da autoridade está enraizada no orgulho, o que o Livro de Eclesiástico chamou de “o começo de todo pecado” (10:13). Portanto, não devemos nos surpreender ao ver esse comportamento de alguma forma em cada um de nós.

O desrespeito à autoridade surge, muitas vezes, da preocupação de que a pessoa que ocupa cargos de autoridade está se comportando de forma imoral ou contrária ao Evangelho. Claro, isso às vezes pode ser verdade. E há momentos em que o Espírito Santo chama pessoas de todas as esferas da vida para se levantarem e comunicarem suas preocupações de forma clara e eficaz.


Mas, na maioria das vezes, especialmente em questões de fé e moral, somos chamados, mais do que qualquer coisa, à santidade, ao serviço e à confiança de que o Espírito Santo está no comando.

Na história da Igreja, houve muitas vezes em que tudo parecia estar perdido. Durante o Trinitarianismo, reinava a heresia, mesmo entre os bispos. São João Fisher foi o único bispo da Inglaterra a se opor ao rei Henrique VIII; todos os outros cederam. Mas, repetidas vezes, contra todas as probabilidades, o Espírito Santo prevaleceu (e ele nunca precisou da ajuda de blogueiros e ativistas de mídia social).

A história da Igreja e a revelação divina nos ensinam que podemos contar com a proteção do Espírito Santo em questões de fé e moral. Quando duvidamos do poder do Espírito Santo, nos voltamos para dentro e concentramos toda a nossa energia reformadora naqueles que têm autoridade.  Sentimos falta de nosso próprio chamado para nos reformarmos e trazer Cristo ao mundo.

Como dizia o Papa Bento XVI, os leigos são convidados a “fazer uma síntese gradual entre a sua ligação com Cristo (união com ele, a vida nele) e a dedicação à sua Igreja (unidade com o Bispo, serviço generoso à comunidade e ao mundo).”

Com isso em mente, estas são algumas perguntas que me ajudaram a definir o que é, realmente, uma leitura online espiritualmente benéfica:

Este artigo / escritor / site dá mais benefícios à pessoa na sociedade (líderes leigos, políticos, organizações católicas) do que os bispos ou o papa?

Este artigo faz ataques pessoais de forma sutil ou aberta? Usa nomes ou apelidos desrespeitosos? Ataca o caráter de uma pessoa (ou seja, julgamentos sobre a vida interior de uma pessoa com base em ações externas)? Usa julgamentos negativos sobre uma pessoa com condescendência, amargura ou desprezo?

Este artigo é baseado em opinião ou fato? Se for uma opinião, o escritor compartilha seus pensamentos humildemente, dando às pessoas envolvidas o benefício da dúvida? Ou o escritor compartilha sua opinião como se fosse um fato?


Este artigo faz conjecturas sobre a vida interior de uma pessoa, e baseia análises em suposições, não em fatos?

Este artigo se apresenta como um compartilhamento de informação objetiva num estilo jornalístico, enquanto, sutilmente, adiciona frases de opinião que semeiam dúvidas e orientam o leitor a fazer certas conclusões?

Este artigo / escritor / site sustenta determinados ensinamentos da Igreja com reverência e respeito, ao mesmo tempo em que admite que outros ensinamentos não são essenciais ou são, simplesmente, errados? Ou este artigo / escritor / site destaca certos ensinamentos da Igreja ou, sutilmente, se rebela contra eles porque são vistos como impopulares ou não se encaixam no mundo secularizado?

A manchete deste artigo é sensacionalista? Sugere algo escandaloso sem clara prova? O que um não-católico poderia pensar ao ler a chamada? Essa manchete retrata os eventos no pior sentido interpretativo possível?

Este artigo usa citações para manipular leitores e fazê-los absorver a informação de uma forma conveniente para o autor ou permite que o leitor faça seus próprios julgamentos sobre o que foi dito?

Este artigo usa truques de discurso e pensamento para enganar o leitor?
Este artigo / escritor / site se coloca contra a hierarquia como um “guardião da ortodoxia” ou como um magistério alternativo de fato? Ou este site se coloca contra a hierarquia como uma voz profética de correção e senso comum mundano?

Espero que estas questões sejam úteis para você.

Que o Senhor esteja conosco quando, juntos, navegamos pelas águas turbulentas deste mundo na Barca de Pedro.
Próximo Artigo Próxima Publicação
Post Anterior Próximo Post
Próximo Artigo Próxima Publicação
Post Anterior Próximo Post
 

Por FeedBurner (Seguro e simples)