CONFIEMOS NOSSOS TESOUROS AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA


Por que devemos entregar nossos tesouros ao Imaculado Coração da Virgem Maria?

São Luís Maria Grignion de Montfort nos ensina a colocar os nossos tesouros, as nossas graças e virtudes no Imaculado Coração da Santíssima Virgem Maria. Pois, o Coração Imaculado de Maria é um vaso espiritual, vaso honorífico, vaso insigne de devoção. “Depois que o próprio Deus se encerrou neste vaso, com todas as suas perfeições, tornou-se todo espiritual e fez-se a morada das almas mais espirituais. Tornou-se honorífico, e trono de honra dos maiores príncipes da eternidade. Tornou-se insigne em devoção, e a morada das mais ilustres em doçura, em graças e virtudes. Enfim, tornou-se rico como uma Casa de Ouro, forte como a Torre de Davi e puro como uma Torre de Marfim”.

Acesse:
.: Oração para emprego

Devemos colocar nossos tesouros no Imaculado Coração de Maria, pois ela os guardará melhor do que nós mesmos. Por isso, não confiemos o ouro da nossa caridade, a prata da nossa pureza, as águas das graças celestiais e o vinho dos nossos méritos e virtudes a um saco rasgado, a um cofre velho e arrombado, a uma vasilha estragada e contaminada como somos nós. Do contrário, seremos roubados pelos ladrões, que são os demônios, que procuram e espiam noite e dia o tempo propício tomar nossos tesouros de graça. Do contrário, estragaremos, pelo mau cheiro do nosso amor próprio, da confiança em nós mesmos e da nossa própria vontade, tudo o que de mais puro Deus vos dá.

A respeito das pessoas que tudo confiam a Maria, São Luís exclama: “Ah! Como é feliz aquele que deu tudo a Maria, que se confia e abandona, em tudo e por tudo, em Maria! É todo d’Ela e Ela é toda d’Ele. Pode dizer ousadamente com Davi: ‘Maria foi feita para mim’; ou com o discípulo amado: ‘Recebi-a como toda a minha riqueza’; ou com Jesus Cristo: ‘Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu’”. Quando tudo confiamos ao Imaculado Coração de Maria nos enriquecemos, pois ela é “cheia de graça”, cheia do Espírito Santo de Deus, e nos cumula de todas as graças necessárias para a nossa santificação e salvação.
Depois de ler o que nos escreveu o Santo de Montfort, podemos não compreender e achar exageradas as suas palavras ou compreendê-las e apreciá-las: “Se, ao ler isto, algum crítico imaginar que falo com exagero e levado por devoção desmedida, pobre dele! Não me compreende, ou porque é um homem carnal, que não entende as coisas do espírito, ou porque pertence ao mundo e não pode receber o Espírito Santo, ou porque é orgulhoso e crítico, e condena ou despreza tudo o que não percebe. Mas as almas que não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus e de Maria, essas compreendem-me e apreciam, e é para elas que eu escrevo”.

Com seu Coração de Mãe, Maria ama ternamente, com mais ternura que todas as mães juntas, aquelas almas que por ela foram geradas. “Juntai, se puderdes, num só coração de mãe e para com um único filho, todo o amor natural que as mães do mundo inteiro têm pelos seus filhos: certamente essa mãe amará muito esse filho. No entanto, verdade é que Maria ama ainda mais ternamente Seus filhos do que aquela mãe amaria o seu. Ela não os ama apenas com afeto, mas também com eficácia”. O seu amor por nós, seus filhos e filhas, é verdadeiro e eficaz.

A Virgem Maria está sempre atenta às ocasiões favoráveis para nos fazer o bem, para nos engrandecer e enriquecer de bens materiais e especialmente espirituais. “Ela vê claramente em Deus os bens e os males, os bons e os maus sucessos, as bençãos e as maldições divinas. Por isso dispõe de longe todas as coisas, para livrar os Seus servos de toda a espécie de males, e para os cumular de todos os bens”. Se houver uma ocasião de obter, em Deus, um bom prêmio, graça ou proveito, pela fidelidade a uma alta missão, sem dúvida Maria Santíssima obterá esta graça a um dos seus filhos e servos fiéis, juntamente com a graça de tudo realizar fielmente.

Como nos ensinou São Luís Maria, coloquemos os nossos tesouros, graças e virtudes no Imaculado Coração da Virgem Maria. Pois, quando confiamos nossos bens a ela, Nossa Senhora cuida de tudo que nos pertence. Confiemos nossos bens materiais e espirituais ao Imaculado Coração de Maria, mas também nos entreguemos inteiramente a ela, na qualidade de filhos, consagrados e escravos de amor, para que a Santíssima Virgem cuide de nós com seu amor materno. Pois, ela é nossa Mãe e nos ama ternamente, não com amor natural, de uma mãe para com seu filho, mas com amor sobrenatural e espiritual, pois Maria é nossa “Mãe na ordem da graça”. Nossa Senhora não nos ama apenas com amor afetivo e verdadeiro, mas também com amor eficaz. Ela se preocupa conosco e cuida de tudo que nos diz respeito, para o nosso proveito espiritual e nossa salvação. Diante de tudo isso, digamos com São Luís Maria: “Tomo-Vos como toda a minha riqueza. Dai-me o Vosso Coração, ó Maria!”.

Fonte: CN
CONFIEMOS NOSSOS TESOUROS AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA CONFIEMOS NOSSOS TESOUROS AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Reviewed by Eu & Deus on junho 05, 2016 Rating: 5